© 2023 por Elaine Nascimento

BALLET FIT

Febre nas academias de São Paulo e Rio de Janeiro e novidade em várias outras cidades do Brasil, o Balett Fitness vem conquistando muita gente, inclusive as famosas. Atrizes como Grazi Massafera, Sheron Menezzes, Juliana Paiva, Sthefany Brito e Taís Araújo, por exemplo, são adeptas da modalidade – que intercala movimentos de balé e exercícios típicos de academia.

Mas, apesar de prometer definição muscular, engana-se quem pensa que as aulas de Ballet Fitness utilizam caneleiras e halteres… A proposta é usar exatamente o peso do corpo para definir, melhorar a força, a flexibilidade e o equilíbrio.

Benefícios:

  1. Alto gasto calórico, podendo ajudar e muito quem deseja emagrecer ou manter o peso;

  2. Fortalecimento muscular;

  3. Trabalho com o corpo todo (assim como o Ballet Clássico);

  4. Melhora na postura;

  5. Melhora na respiração;

  6. Definição do corpo;

  7. Melhora do equilíbrio;

  8. Interação (já que as aulas são feitas em grupo);

  9. Ajuda na flexibilidade (com os alongamentos).

 

Além disso, é uma modalidade diferente, que mistura diversos tipos de exercícios e, assim, uma ótima oportunidade para quem não gosta muito de musculação e está disposta a conhecer aulas mais dinâmicas.

Balett Fitness emagrece?

“É possível gastar muitas calorias durante a aula… Em 1 hora o gasto médio é de 750 calorias. Por este motivo, a aula favorece, sim, o emagrecimento, além do fortalecimento muscular”.

Mas, vale lembrar: é sempre necessário associar a atividade física a uma alimentação equilibrada para alcançar bons resultados. Pois, sozinho, nenhum exercício faz “milagres”.