© 2023 por Elaine Nascimento

BALLET 

As origens do ballet surgiram em celebrações públicas italianas e francesas nos séculos XV, XVI e XVII. Assim, o ballet se estruturou na Itália, antes de se desenvolver na França. É uma das danças mais complexas que existe. Seus movimentos que não se limitam somente ao chão, explora também o ar em saltos surpreendentemente belos. O preparo necessário para a execução de cada movimento, a graciosidade dos bailarinos misturadas a força é o que dá toda a grandeza dessa arte doce e forte.

JAZZ

Esta dança é hoje considerada uma forma de expressão mais livre que o ballet e baseada no improviso, embora muitos dos trabalhos nesta modalidade sejam coreograficamente montados, principalmente no Jazz-Teatro.
O grande triunfo desta dança nos EUA é visto principalmente nos espetáculos da Broadway. O jazz tem certas características marcantes, e hoje vem alcançando alto nível técnico por utilizar técnicas de outras modalidades de dança como o balé clássico, a dança contemporânea, a ginástica olímpica, o sapateado aliado ao raciocínio rápido, garra, força, precisão de movimentos e expressão corporal e facial.

CONTEMPORÂNEO

A dança contemporânea pode ser mais bem descrita como uma dança pós-moderna. No Brasil, ela se firmou como um estilo próprio na década de 1990 e possui características bastante semelhantes ao balé moderno - tais como liberdade técnica e ruptura com a rigidez clássica. Ela busca passar sensações do mundo urbano, rápido e agitado. A arte reflete ou expressa a sociedade contemporânea, fazendo uma fusão entre vários estilos - moderno, hip-hop, street dance, clássico, jazz e outros.